quinta-feira, 23 de julho de 2015

Antecipação /



CUIDADO: VOTO COMPRADO TEM SUAS CONSEQUÊNCIAS!

Na hora que você vende seu voto, no amanhã quando seu candidato fizer falcatruas, nomear parentes para cargos públicos, fraudar licitações, descontar ‘milhões’ investidos, entre outros delitos, não tente justificar ou como reclamar.
Quando um voto é vendido, você está perdendo a chance de votar em um futuro melhor para sua cidade. Se o político é corrupto pela compra de votos, muitos eleitores também são pela venda dos seus votos. Cabos eleitorais são pagos para convencê-lo de um problema futuro existente no presente.

Quando um pré-candidato, na maioria das vezes, está gastando dinheiro à toa, é porque é difícil convencer através de próprio prestígio a seriedade de um trabalho que jamais ele conseguirá realizar se eleito for.
Que bom seria se a Justiça brasileira fosse mais severa na compra de votos, um mau que assola o Brasil desde a época do coronelismo.
Cidade onde os serviços públicos funcionam com qualidade, não podem ser coniventes com tal prática delituosa. O dinheiro que o político está utilizando para comprar voto é dinheiro de corrupção, de roubo, de falcatrua. É dinheiro sujo. Lamentavelmente, muitos ainda teimam nesta perversa prática que só mal traz a sociedade de qualquer cidade.

O pré-candidato desonesto e corrupto tentará de todas as formas e bondades, apresentar à sociedade uma maneira de conquistar seu voto com mentiras e falsas promessas.
Quando se recebe dinheiro pelo voto comprado, você não terá como cobrar honestidade do candidato se eleito ele for. E não é apenas você, mas toda sua família que passará por muito sofrimento: Refiro-me a falta de merenda escolar, a promessa de uma rua calçada, conviver com transporte escolar de péssima qualidade, estradas acabadas, saúde em total abandono, falta de saneamento básico, enfim.

Todo candidato que compra votos, tem um cabo eleitoral mentiroso disfarçado de bonzinho, quando na realidade não passa de um crápula, um ladrão de consciência.
Meu Deus! Tantas pessoas humildes, muitas vezes por necessidades aceitam determinados benefícios de políticos corruptos.
Até quando o cidadão vai entender que voto não tem preço e sim consequência. Quatro anos não são quatro dias. Bom seria que não existisse escolha por ordem pessoal e sim trabalho realizado e futuro transparente.

Acordar é ver o futuro sendo realizado no presente com a força da realidade que você sempre sonhou quando olha para a urna e diz: Quero uma Vertentes crescendo e avançando feliz!

Por Fernando Barbosa


Nenhum comentário:

Postar um comentário